domingo, 30 de agosto de 2015

Amor perdido

Foi numa noite de outono...
E sentia um vento frio avassalador...
Eu não tive como suportar aquela dor.
Naquela noite se perdia mais um grande amor.
Oh dó, pobre coração,
mal sabe que às vezes vivemos de ilusão!
Depois disso, tive que botar os pés no chão.
E precisei dar mais de mim,
caminhando sozinha vagando por mais um confim.

Foi uma noite de abandono...
E não tinha nada que fizesse aquecer.
A cada passo dado, mais queria falecer.
E todas as lembranças faziam meu peito emudecer.
Oh dó, pobre menina,
mal sabe que sua vida é à margem dessa sina!
E que para mudar isso precisa mais que cafeína.
Sei que ainda preciso dar mais de mim,
Mas meu coração não suportaria, de novo, outro fim.


quinta-feira, 16 de julho de 2015

Dormir é difícil


Quem consegue dormir,
com esse silêncio todo nas ruas
e esse barulho no pensamento? 

Eu não consigo dormir,
com a cabeça cheia 
e o papel em branco.

Não dá para dormir assim,
sabendo que vou acordar mais triste, 
sentindo que meu eu para ti nem existe.

E não acredito que seja só insônia,
para isso, eu tenho outro nome:
abstinência
-de ti.

Boa noite, moço! 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Descobrir


 

Parece que eu morri...
Eu não senti nada...

Só quero sentir minha dor,
pra saber que tudo foi real.


(23-04-14)

"Pra fazer poesia
tem que ter inspiração,

Se forçar...
Nunca vai ficar boa" - Vinícius de Moraes.

"Enquanto Eu tiver perguntas e não haver respostas... Continuarei a escrever"

- Clarice Lispector.

Meu mundo infinito particular:

Eu, somente eu
Escrito por mim sozinho
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinho

De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar

Por isso a poesia não me abandonou
nunca Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
nunca me deixou - A Poesia e Eu #Catedral.


Música e poesia, uma combinação perfeita para que eu entre nesse meu mundo particular, onde a natureza faz rimas só pra mim, e eu vivo infinitas possibilidades.

Inscreva-se

FeedBurner FeedCount

NOTA

A maioria das imagens inseridas nas postagens deste blog são retiradas da internet, sem a menor intenção de adquirir os direitos autorais destas. Assim, se alguém sentir-se prejudicado ou incomodado com o uso de sua imagem, entre em contato* e a imagem receberá os devidos créditos ou será retirada deste blog, como o possuidor dos direitos desejar.

*Ver aba de contatos.